domingo, abril 02, 2006

Flash


Em relação ao jogo com o Belenenses, tive pena pela lesão do Nuno Gomes, até porque quando o vi chorar temi que fosse pior e implicasse até a sua ausência do Mundial. Mas, verdade seja dita, ele lesiona-se devido à sua lentidão na abordagem ao lance. Fosse o Micolli ou o Mantorras e era remate de primeira. Da forma como agiu, tentando parar a bola, pedir o cafezinho preparar o remate, abrir o jornal etc e tal, é óbvio que o defesa acaba por acreditar que ainda consegue chegar à bola e vai daí, zás... O resto já nós sabemos. É pena, pois julgo que o Koeman estava a ensaiar um esquema com dois pontas de lança para o Barcelona, o que a meu ver era a melhor forma de abordar esse jogo em Nou Camp. Dessa forma, receio que entremos novamente apenas com 10 jogadores mais o nulo do Robert em campo.
Episódio do Nuno Gomes à parte, acabou por correr bem a noite, à semelhança do que havia acontecido com o Braga. Resolvemos na primeira parte e descansamos controlámos na segunda.
Uma palavra para Micolli. Vale bem os 5 milhões, que apesar de ser um valor considerado caro na praça, avançados destes não se encontram por aí por 5 trutas.

4 Comments:

At 11:17 da tarde, Blogger Mialgia de Esforço said...

Admitindo que Koeman estivesse a testar uma dupla atacante para Nou Camp, é preciso ter em conta que uma coisa é jogar com Nuno Gomes e Miccoli, outra bem diferente é colocar, juntos e ao vivo, Miccoli e Geovanni, por exemplo. A capacidade de integração de nuno Gomes na manobra defensiva, não tem paralelo em qualquer outro dos avançados do plantel.

 
At 11:58 da manhã, Blogger dezazucr said...

Plenamente de acordo. Não consigo imaginar o Micolli e o Geovanni juntos no meio, embora até pudesse ser produtivo. Com o Nuno Gomes decerto sería, até por uma razão psicológica. Apesar de não ser grande aficcionado do Nuno Gomes, sei que ele tem nome lá fora e pior, depois de ter marcado à Espanha no Europeu, decerto que iria ser encarado por Puiol e Oleguer com um certo receio, obrigando-os a prestar atenção nele, soltando Micolli. Dessa forma Nuno Gomes é muito importante. Para além do papel pivot que assume que não vejo Geovanni a assumir. De qualquer forma, Geovanni pode ser muito produtivo quando lançado em profundidade, dando a possibilidade de aproveitamento dos contra-ataques de forma mais célere. A questão é que Geovanni no onze com Micolli em campo, deverá jogar na direita, perdendo-se essa profundidade que falo. Mais, com Geovani e Micolli a titulares, o Benfica acaba por ficar manietado em caso de se ver a perder e querendo dar nova injecção ao jogo. Mantorras até podería ser opção, embora me pareça apenas do lado moral, pois traz mais coração à equipa, o que algumas vezes ajuda, mas não é claramente suficiente (tenho pena de não ter a mesma capacidade de antigamente). Marcel... para mim continua uma incógnita.

 
At 7:28 da tarde, Blogger Tanque Silva said...

Nuno Gomes é claramente um jogador de equipa , e é muito prejudicado por isso. Agora quanto ao lance em questao, faz-me confusao como nao é penalty?

 
At 12:20 da tarde, Blogger Pedro said...

Mas isso pode ser benéfico..se eles estariam em alerta por causa do NG podem ficar relaxos com o Geovanni e sair-lhes bem caro.
Eu acho q com Simão, Miccoli e Geovanni soltos na frente de ataque, mas a atacar mesmo, podemos arrebentar aquela defesa.

Acho q não há equipa na europa com este tipo de avançados como o SLB pode colocar frente ao Barça.

Este trio pode partir aquilo tudo e é nele q coloco a nossa passagem às meias finais.

 

Enviar um comentário

<< Home