quinta-feira, julho 10, 2008

fait-divers e areia para os olhos

Não se trata de mais do que isso.

Neste momento está-se a fazer tudo para se esquecer o essencial.

Houve alguém que tentou corromper, nós todos, mas todos mesmo, sabemos que essa corrupção já existe aos anos.

Foi provado que esse alguém tentou corromper.

Toda a gente sabe o que dizem as escutas.

É assumido, pois até agora não se ouviu ninguém negar a corrupção que foi perpetuada.

Acho estranhíssimo que ninguém negue as vozes e as palavras e ande tudo de volta de tecnicalidades, se as escutas são legais, de reunião em reunião, tentando perder ou ganhar tempo.

O que me irrita é que nos jornais o que sai são estas questões, que as escutas não são válidas, que hoje alguém vai-se reunir, que o fax não chegou, que alguém fez não sei o quê na reunião tal.

Fodass! Houve corrupção e está provado! Por que é que isso não justificou até agora uma capa clara de jornal. É simples: CORRUPÇÃO!!! Toda a gente sabe quem foi.

Está, mais uma vez a tentar-se branquear o assunto, ganhando tempo para não sei o quê. Estas reúniões polémicas são meros fait-divers para não se olhar para o essencial. Essas reuniões em que não se decide nada é atirarem-nos areia para os olhos.

Agora acho irónico os corruptos serem julgados por eles mesmos ou por alguém por eles mandatado.

E sim! O governo devería intervir sim!
Independentemente de ter FPF no meio, que já percebemos assobia para o lado, devería intervir.
Afinal, a corrupção no futebol afecta a todos, e não falo só da má visibilidade que dá ao país, da sensação de impunidade dos corruptos. É uma indústria de milhões, e cada campeonato adulterado são milhões que vão para os bolsos de uns quando deveríam ir para outros que pelos vistos não têm as mesmas armas para competir.
É gozar com o espectador que faz trinta por uma linha para conseguir pagar a cada fim de semana um bilhete de 20 ou 30 euros para ser enganado.

Fodass, está na cara de todos. Dá na televisão. Não têem um video? Um gravador de DVD? É tão simples descobrir um padrão. Os beneficiados são sempre os mesmos.

Ou será que ainda há dúvidas?!?!?!

4 Comments:

At 4:04 da tarde, Blogger j said...

duvidas ! nenhumas, querem branquear tudo ! eu ja tinha avisado ! o polvo e tal que não vai ser facil cortar-lhe a cabeça ! isto são praticas de anos a fio ! isto são milhões é milhões é milhões de euros envolvidos nesta MAFÍA temos que estar UNIDOS contra tudo caso contrario a COMPRA DE RESULTADOD vai estar a vista de toda a gente ! olha o braga , academico ! so faltam alguns da zona sul caso contrario vai ser uma AUTENTICA caça AO BENFICA ...

 
At 5:45 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Só pessoas muito, mas mesmo muito distraídas,é que não querem ver o que é a podridão do futebol Português.Esta corge de corruptos tudo vão fazer para protelar no tempo as dicisões do CJ.

Extracto de regimento do CJ:

ARTIGO 4º
(Faltas e Impedimentos Na falta ou impedimento do Presidente, assume a presidência o Vice-Presidente e
na ausência ou falta de ambos, o Vogal indicado pelos membros do Conselho
presentes.

ARTIGO 5º
(Deliberações)
As deliberações do Conselho de Justiça só são válidas quando tomadas com a
presença da maioria dos membros e por maioria de votos.

Mas o que querem eles mais ? Branquear a corrupção e fazer-nos crer através destes jornaleiros avençados que tudo isto não é verdade.Que tristeza de País, nem em Africa isto acontece.

 
At 5:20 da tarde, Anonymous julio said...

realmente é sintomático que seja o valentim e os seus lacaios a decidir os regulamentos e até, por cúmulo a decidir os castigos e a forma de fugir deles, quando o valentim até é dos principais arguidos.

mais uma vez adia-se o inadiável e assim, ganha-se mais tempo até se esquecerem do fundamental.

Como é possível?!?!

Ninguém se escandaliza?

 
At 5:22 da tarde, Anonymous maisnao said...

destaco das palavras do julio:

ganha-se mais tempo até se esquecerem do fundamental:

Houve corrupção. Foi o porto que corrompeu. Ninguém o negou e toda a gente ouviu ou leu, dado que as escutas estiveram legíveis em alguns jornais.

Discute-se tecnicalidades até se esquecer da culpa obcena que se tenta lavar em praça pública.

 

Enviar um comentário

<< Home