terça-feira, janeiro 10, 2006

Obrigado Pedro.

"O Benfica é a minha casa e eu sempre assumi, nas várias entrevistas que já dei, que gostaria de terminar a minha carreira no clube. Estive dois anos sem jogar e o Benfica nunca me abandonou. Não posso esquecer tudo o que o clube fez por mim ao longo desse tempo. O Benfica ajudou-me a ultrapassar o problema da lesão e faz parte da minha vida, tal como os adeptos, por quem tenho um grande carinho. Mas não sabemos o dia de amanhã. Jogava no Benfica mesmo que não me pagassem o salário, porque o que fizeram por mim não tem preço."

in Record, 10/01/2006

Independentemente de tudo (e apesar da tal entrevista à lagarto), acho que Mantorras sempre terá o meu respeito.
É um poço de humildade e querer. Dá sempre o que pode em campo (tendo já tentado dar o que não podia, com as consequências sobejamente conhecidas) e traz uma alma nova de cada vez que entra em campo, contagiando os colegas, mesmo que não toque na bola, ou até, que se atrapalhe quando tenta fazer das suas.
Merece totalmente a euforia que invade os adeptos de cada vez que é chamado para entrar em campo. Talvez até mereça mais que os 10 minutos jogo sim jogo não que lhe têm dado.

6 Comments:

At 11:36 da manhã, Blogger Pedro said...

Tenho muita pena de pensar q o joelho de Mantorras nunca ficará perfeito. Mantorras tinha tudo o q adoro ver num jogador : tecnica,rapidez,força, remate, alegria contagiante.
É humilde o q apenas exponencia todas as outras qualidades.
Desejo-lhe tudo de bom ao serviço do Glorioso!!!!

 
At 6:16 da tarde, Blogger blutarsky said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 6:28 da tarde, Blogger blutarsky said...

Sinceramente sempre o achei um jogador muito sobrevalorizado antes das lesões . Não estou a dizer que não era bom , mas o entusiasmo á volta dele nessa altura fazia dele um jogador que não o era . Lembro-me que o João Pinto andou anos e anos em subrendimento , mas ninguem lhe podia dizer nada pq era o menino bonito dos adeptos ...Enfim ...

 
At 10:48 da manhã, Blogger Pedro said...

O Mantorras não era nada sobrevalorizado.
Lembro-me perfeitamente no jogo de preparação do SLB contra o Feynoord onde os comentadores ingleses da Eurosport estavam doidos com ele. Mas doidos mesmo!!
O q muitos no SB nunca perceberam, e continuam a não perceber, é a posição correcta de Mantorras. Mantorras não pode ser a referência de ataque, não pode estar preso entre os centrais, tem q jogar atrás do ponta de lança, com a bola nos pés virado para a baliza...

 
At 2:22 da tarde, Blogger dezazucr said...

Reparem que Mantorras chegou à Luz no mesmo ano que Simão. Simão a primeira metade dessa época andou completamente apagado. Nessa altura era Mantorras que levava a equipa do Benfica às costas, tendo marcado 9 golos só na primeira volta. Depois veio a lesão, e só depois da lesão de Mantorras Simão começou a aparecer. No entanto, quando Simão lesionou-se no final da época (jogo da seecção contra a Finlândia), puseram Mantorras, que ainda não tinha recuperado totalmente, a jogar. Aí começou-se a agravar a sua lesão. Tenho imensa pena de ter sido atingido por essa lesão, de outra forma podería confirmar todas as espectativas depositadas nele. De qualquer forma, foi super importante na conquista do título do ano passado.

 
At 8:59 da tarde, Blogger sheuhan said...

giro é que o record conseguiu que essa entrevista do mantorras fosse vista pelo lado mau, isto é, como se ele quisessae sair do benfica. os gajos do record são mesmo ruins.

 

Enviar um comentário

<< Home