segunda-feira, março 12, 2007

Confiança

O Benfica ganhou 2-0 à União de Leiria.

Na minha presunção, agradeço a prenda de aniversário que deram ao meu filhote. Faz amanhã 3 anos, ou seja, a partir de amanhã poderá entrar no estádio e ser mais um de nós.

Destaco as palavras do nosso capitão na resposta ao energúmeno da SportTv:
"Não é por o Sporting e o porto terem ganho que temos a pressão de ganhar, o Benfica tem sempre essa obrigação".


Muito bem coadjuvado em resposta à mesma pergunta pelo nosso treinador finalmente ganha uns pontinhos:
"O Benfica desde que nasceu que tem a pressão de ganhar, ganhar sempre!"

De resto, dois grandes golaços de dois dos três jogadores mais importantes da nossa equipa. Curiosamente, quando Simão coloca a bola para a esquerda, pensei para mim mesmo "dasse se isso fosse do lado direito o Simão metia-a lá dentro"... Meteu-a na mesma o sacana!
Quanto a Petit, já merecia há muito tempo. Calou dessa forma Harrison :P


Muito boa exibição do David Luiz, jogando simples, mas sempre no caminho da bola, cortando sem hesitações todo e qualquer lance de perigo. Injusto sería também não destacar o regresso de Andersson às boas exibições.

Nota 1: Passou a ser regra no futebol português - "Contra o Benfica não há lugar a fair-play".

Pena o Quim ter saído lesionado, estava em muito boa forma. Para nossa sorte e rejubílio do terceiro anel temos 3 bons guarda-redes. Calhou a sorte a Moreira como podería ter calhado a Moretto, julgo que em qualquer das situações estaría bem entregue.

Katsouranis precisa urgentemente de descanso. Katsouranis faz muita falta naquele meio campo. Cruzo os dedos por João Coimbra, acreditando que a exibição no Parque dos Principes não tenha sido uma pedrada no charco e a qualidade realmente esteja lá.

Uma palavra para Nélson. Ao contrário da maioría dos benfiquistas, apesar das precipitações e dos disparates, prefiro um Nélson, que verdade seja dita, participa em 40% dos golos do Benfica, do que um lateral certinho, certinho, mas que não acrescenta nada em termos atacantes à equipa.
Aos que dizem que Léo é bem mais regular e eu sou um confesso admirador do Léo returco com o seguinte: Léo tem 31 anos de experiência e apesar de participar muito e trazer muita qualidade ao jogo atacante do Benfica, não é costumo dos seus pés saírem assistências para golo. Não confundam, não digo que Nélson seja melhor que Léo longe disso, apenas que são jogadores diferentes, com percursos diferentes, sendo ambos importantes na estratégia do Benfica.

Há dois anos torci para que no clássico entre lagartos e tripeiros perdesse a equipa que tinha mais ponto. Resultou e o Benfica foi campeão. Volto a torcer e a acreditar no mesmo.

Mas mais importante, bem mais importante que isso é o Benfica ganhar ao Estrela da Amadora e depois receber com pompa o porto.
A vitória é imperativa, mais um daqueles jogos que como diz Scolari é "mata-mata". Confesso que gosto deste tipo de jogos. E mais uma vez, 1-0 basta!

A Onda Vermelha tarda. E não falo da Onda Vermelha no Estádio da Luz. Falo da Onda Vermelha por esse país fora. Em todos os estádios de Portugal. Como foi há dois anos.

Precisamos de benfiquistas na Reboleira, em Aveiro, nos Barreiros e no Bonfim. Precisamos também na Catedral que curiosamente não tem enchido apesar de 35 mil encherem muito estádio por esse país fora mas principalmente fora de casa. Temos de mostrar que somos um clube do país e não de uma cidade ou região.


Há dois anos enchemos estádios em Vila do Conde e em Braga, em Aveiro e até em Faro. Fomos de tal maneira um boião financeiro para os clubes que até houve quem equacionasse um jogo em Paris, isto vindo de um clube presidido por alguém conotado com outras cores, apenas numa perspectiva financeira.

Há dois anos lembro-me de um jogo contra o Leiria em que perdendo a 15 minutos do fim por 1-0, com a pressão do público colocou-se no assador Nuno Gomes, Karadas e Mantorras... e resultou!



Há dois anos houve um presidente a comprar com antecedência a lotação de um estádio pois acreditava na equipa, que mesmo expremida e conotada por todos, adeptos inclusive, de fraca qualidade, deixava 110% em campo, jogo após jogo.

Isto mesmo com golos retirados das balizas adversárias.

Este ano não perdemos 1 único jogo em casa. Porque não fazer todo e qualquer estádio deste país o nosso estádio?

Lembro que após ganharmos o campeonato há 2 anos atráz, tendo o mesmo acabado em Maio, ainda em Agosto trocava mails, respondendo a portistas e a sportinguistas ressabiados por o Benfica ter ganho.

A conversa do colinho era a desculpa. Essa era a justificação para o sucesso do Benfica. Ou como tentaram passar, para o insucesso dos outros, isto porque para eles o Benfica nunca tem mérito. Afinal, ganhamos o campeonato mais fracos dos últimos anos, não o mais competitivo, apesar do que a intensa competição e troca de posições, bem como os resultados cheios de golos poderíam sugerir.

Colinho até houve. Dos adeptos. Vamos levar novamente o Benfica ao colo!

Toca a acordar pessoal!!

Relembro um post excelente de um benfiquista que acredito tocou a muitos com as suas prosas nessa caminhada gloriosa:

Um Euro à Benfica

Se ganharmos ganhamos todos, pelo que vamos todos fazer por ganhar!


Toca a acordar essa Onda que tarda!


5 Comments:

At 12:27 da manhã, Blogger sulyedp said...

Concordo que o Andersson esteve muito melhor.

O André Luiz é craque, não engana... já o Nélson, consegue colocar um gajo a arrancar os cabelos!

Acho que o pessoal não tem aderido por causa do Fernando Santos, acho que pouca gente simpatiza com o homem.

Verdade verdade é que continuamos a lutar pela Uefa e estamos apenas a 4 pontos do nosso objectivo, sendo que a equipa até tem feito jogos de encher o olho.

 
At 12:29 da manhã, Blogger redjersey said...

A onda benfiquista tem de acordar, mas a própria direcção parece subestimar essa onda, de outra forma já tería apelado à mesma.

De qualquer forma o contexto é diferente, o pessoal estava com sede... agora parece que anda tudo a dormir... parece que precisamos de mais emoção tipo vitamina mantorras no último minuto ;)

 
At 9:24 da manhã, Blogger catenaccio said...

Dezazucr,

Essa camisola no teu filhote fica mesmo um espectáculo. Ainda por cima, tem o meu nome: Ricardo.

Temos um n.º 10 para o futuro? Um abraço grande.

P.S. Excelente crónica, parabéns.

 
At 11:47 da manhã, Blogger mago said...

Completamente de acordo com a demora da Onda Benfiquista. Estranha-se, mas para mim vem aí um jogo que vai ser o da viragem: no Benfica - Porto vamos passar para 1º, e aí a Onda vai ressurgir.

Pequena nota ao post: o André Luiz não é assim tão bom. Já o David Luiz teve uma estreia bastante auspiciosa! :) Gostei mesmo da exibição do puto.

 
At 12:28 da tarde, Blogger dezazucr said...

obrigado pela correcção mago ;)
O André que por acaso também já foi jogador do Benfica (apesar de só ter vestido o manto uma vez) arranjou confusão no Brasil esta semana e isso distraiu-me ;)
Quanto ao David, esperemos mesmo que seja craque, até porque vai ser titular nos jogos seguintes, porto inclusive.

Eu apenas acho que a Onda devería aparecer antes desse jogo, aliás nesse jogo a onda tem de ser bem grande, dado ser imperativo ganharmos.

Por acaso catenaccio, gostei muito duma camisola que vi no estádio da Luz que dizia: "Pai do futuro capitão do Benfica" - linda ;)

Esqueci-me nos destaques de mencionar Karagounis que me pareceu (e eu não sou muito seu amigo) em muito bom plano. Era bom que a boa forma continuasse.

 

Enviar um comentário

<< Home