terça-feira, setembro 18, 2007

Uns pózinhos de realidade...

De todas as equipas italianas, o Milan e a Juventus são as que menos hipóteses dão em termos de possibilidades de discutir o resultado.

Há que realçar que o Benfica jogou sem Petit e o pior é que terá de se aguentar sem ele durante 2 meses, sem a dupla titular de centrais Luisão e David Luiz são claramente os titulares da defesa e sem o lateral direito efectivo alguém ainda acredita que é Luis Filipe é suposto tirar o lugar a Nélson?, mantendo-se da defesa titular apenas Léo.

Os factos mencionados acima, levaram a que o Benfica estreasse uma dupla de centrais completamente nova. Para além de nova, demasiado macia. Miguel Victor é jovem, com todos os defeitos e vantagens que daí pode advir, Edcarlos estreou-se agora, aparenta em campo estar completamente perdido, e independentemente da qualidade que até possa ter, nem ele nem os 2 juntos poderíam ser páreo para Kaká e Insaghi.

Não gosto de o fazer, mas terei de destacar negativamente um jogador do Benfica. Luis Filipe. É fácil passar por ele, é inseguro com a bola nos pés e parecendo um paradoxo dado ter começado a sua carreira como extremo, não sabe atacar.
Desculpem-me, mas estava com esta entalado.

De resto, apesar de termos perdido, podemos dizer que safou-se o resultado. Isto porque foi tangencial, e, olhando ao que o jogo foi, com o Milan, apesar de não ter forçado muito, ter criado oportunidades clamorosas em catadupa, foi generoso. Muito por mérito de Quim, que hoje fez uma daquelas exibições de encher o olho, com defesas impossíveis de bradar aos céus.


Ninguém sabe dizer porém o que tería acontecido se, de qualquer forma, ele não tivesse cometido a falha que cometeu no 1º golo do Milan, mas cheira-me que cedo ou tarde o Milan marcaría.

Destaco positivamente Cristian Rodriguez. Confesso, não o conhecia. Fiquei curioso ao ver o golo marcado no fim de semana passado, mas uma vez que não pude ver o jogo, não pude confirmar as credenciais do jogador em causa.
Pareceu-me um jogador calmo, sem medo de ter a bola, levando-a controlada por entre os jogadores adversários, sem tentar despachar convém recordar que estava a jogar contra o melhor meio campo do mundo, com segurança, entregando e indo-a buscar novamente. Sinceramente fiquei impressionado.

Vou falar de Di Maria, mas não vou embandeirar em arco. Apareceu na 2ª parte, tentando fazer algo, mas sempre demasiado individualmente, nunca sabendo o tempo certo de soltar a bola, tentando resolver sozinho. Ok, tentou. Mas apenas teve algum sucesso quando os jogadores do Milan baixaram a guarda, na 2ª parte, pois na 1ª, enquanto os jogadores do Milan davam poucas tréguas, perdeu muitas bolas ao tentar fazer sozinho o que competia à equipa. É um jogador excelente, mas tem que descer um pouco à terra.

Rui Costa. Tentou, mas o adversário era outro e pior, já o conhecía. De qualquer forma, ainda criou os lances de maior perigo do Benfica na 1ª parte.

Katsouranis. Certo. Tem rendido bem mais quando actua a central. A trinco passa um pouco ao lado. Obviamente que perde pois do outro lado da balança aparece Petit, logo, a comparação prejudica-o.

Maxi apesar de tudo, nem jogou mal. Não se esconde e isso é bom.

Com isto dá para ver que temos um problema nos próximos 2 meses. Ok, nem todos os meios campos têm a qualidade do Milan. Mas não será solução termos um eixo central tão tenrinho como o de hoje, pelo que Katsouranis dá mais jeito no eixo da defesa que no meio campo. Daí necessitarmos de algum sub-petit. Alguém que possa fazer a posição e cumprir. Não se pede brilhantismos, mas cumprir é exigível.

Cardozo, confesso, ainda não me convenceu. Tem um bom pé esquerdo, mas só isso não basta. Eu basicamente quero golos. E quero-os de qualquer maneira, com o pé esquerdo, direito, joelho, barriga ou cabeça. E Cardozo ainda não mostrou isso. E hoje enviou uma bola à barra quando se pedia que marcasse para jogar ao limão já temos o Nuno Gomes e esse ao menos já conhecemos.

Camacho desiludiu-me. Esperava que colocasse a dupla Cardozo-Nuno Gomes, mas não foi tão audaz. Acho que a equipa ganharía com isso. Rui Costa não precisava estar tão à frente à espera das bolas, trazendo-as de tráz, e teríamos um meio-campo mais combativo. Mas enfim, é fácil falar à posteriori isto apesar de antes do jogo eu ter sugerido o Nuno Gomes.


Continuo a achar que é positivo calhar com o Milan na fase de grupos. Continuo a achar que vamos à Liga dos CAmpeões exactamente para estes jogos e, se já tivessemos mais clássicos destes nas pernas, talvez tivessemos mais estaleca.
Mas é positivo nem que seja pelo facto de não calharmos com eles nos oitavos, caso passemos.

Não fiquei totalmente chateado.

5 Comments:

At 1:07 da manhã, Anonymous filho_do_eusebio said...

A nossa luta pelos vistos será com o Shaktar. E o Lucarelli já começou a fazer miséria...

Veremos como será daqui a 2 semanas na Luz.

 
At 10:32 da manhã, Blogger dezazucr said...

É, o Celtic parece ser o elo mais fraco. De qualquer forma, não nos podemos esquecer que nos eliminaram o ano passado e do facto que as equipas britânicas deixam sempre tudo em campo.

 
At 12:31 da tarde, Blogger HERMIONE said...

Talvez o camaronês?? possa fazer o papel de Petit a mim também me parece que Katsouranis têm de jogar a central e o Cardoso já começa a enervar

 
At 5:21 da tarde, Blogger dezazucr said...

também a mim.
Acho que ainda não mostrou nada que valha os 9 milhões, mas enfim. Vamos dar-lhe mais algum tempo.

Também gostei do Bynia, pareceu bom jogador...

 
At 4:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

o arbitro ajudou um bocadinho o milann no 1 golo nao deu lei da vantagem marcav faltas enervantes sempre a favor do milao
acho que do s2 centrais o que se safou mais foi o miguel vitor o katso parece perder o gas muito depressa e o rene cardosso parece mesmo um rene tem que fazer mais e pedir-lhe mais o benfica tem de jogar a benfica em qualquer campo

 

Enviar um comentário

<< Home