quarta-feira, novembro 03, 2010

Glória a Jesus!

Melhor assim.

Se o resultado se tivesse quedado em 4-0 iam passar a semana todos inchados e entrar em campo no domingo relaxados.

Os jornais iriam elevar o ego de tal forma que entraríamos no estádio dos corruptos da mesma forma como entrámos nesta época. Demasiado convencidos.

Com o que aconteceu, o Jesus é obrigado a martelar-lhes a cabeça para manterem a concentração nos 90m. Há muito a corrigir, há muitas cautelas a ter.
Precisamos de um Benfica humilde contra os corruptos. E por outra, é bom que caiam no engodo que é fácil marcarem-nos golos.

Não esquecer que só sofremos os 3 jogos porque a 15m do fim fizemos 3 substituições de rajada, tirando 3 peças chave (Saviola, Kardec e Martins) para meter 3 gajos sem rodagem, estaleca ou competitividade.

Filipe Meneses faz-me confusão pelo laxismo. Da mesma forma como Gaitan já me causa urticária pela desplicência. Já Sálvio ontem mostrou uma garra e uma vontade de louvar, para além do sentido objectivo que emprestou à equipa.

Curiosamente, começamos a ganhar o jogo a partir do momento em que se negou a capa do jornal ABola em que baseava a estratégia num jogador (Aimar) e usamos a equipa toda para alcançar a vitória.
Temos de ganhar pela equipa e não pelas individualidades.

Não pude ir ao jogo ontem. Pelos relatos houve assobios no fim. Só posso assumir que essa gente é estúpida que não percebe que se trata de um jogo de futebol e tudo pode acontecer. O Lyon não é propriamente uma equipa qualquer e a equipa do Benfica não está propriamente estável psicológicamente.

Repito: A equipa do Benfica não está propriamente estável psicológicamente.

E não é com assobios que estabiliza. Muito pelo contrário.

Compreendo o Jesus, temos um jogo importante no Domingo, daí querer dar descanso aos jogadores, mas fazer as 3 substituições de rajada foi arriscar demais.

Principalmente se tivermos em conta que nenhum dos jogadores que entrou é conhecido pela intensidade que empresta ao jogo. Se considerarmos a falta de ritmo que têm em jogo a sério, pior.

Continuo sem perceber porque não se emprestou o Filipe Meneses ao Guimarães.

Continuo a louvar Jesus. Quantos se podem gabar de conseguir meter 4 golos ao Lyon nos últimos 10 anos? Nem o Real Madrid.

Jesus fez um super-Coentrão. Jesus reabilitou Charles Martin. Jesus confirmou Luisão. Jesus acordou o Benfica.

Só não podemos é dar ao luxo de deixar Jesus pensar que é o maior e que as coisas saírão naturalmente. Vai ser sempre preciso muito, muito trabalho.

Houve alguém que disse que o melhor que podería acontecer ao Benfica era a cada início de época fazer uma lobotomia ao Jesus. Dessa forma ele acreditaría sempre que ainda não tinha ganho nada e todos os jogos faría das tripas coração para ganhar. Um pouco à imagem do que se viu o ano passado. Jesus precisa dessa pressão. Daí que um resultado expressivo quando sabemos que a equipa não está assim tão bem não fosse benéfico nesta altura.

Etiquetas: , , , ,

10 Comments:

At 11:32 da manhã, Anonymous rui said...

Realmente, não estou a ver que o Lyon em outros jogos tenha sofrido 4 golos.

Mas perdemos a vantagem que teríamos directamente sobre o Lion (2-0 vs 4-3).

 
At 12:15 da tarde, Anonymous antonio_sousa said...

Aquele sofrimento do fim era desnecessário. E agora vai tudo de cabeça baixa.

 
At 2:04 da tarde, Blogger BT26 said...

Deixa-me rectificar uma coisa. Houve assobios para o arbitro. Mal o speaker começou a falar os adeptos todos aplaudiram, e mal os árbitros se aproximaram do túnel assobios outra vez.

Benfica sempre.

 
At 2:30 da tarde, Blogger Manuel Oliveira said...

Concordo que o que dizes Dezazucr. Foi uma pena, deixou-nos com um sabor amargo na boca depois dos brilhantes 70 minutos, mas quem sabe não foi até melhor tendo em conta o jogo de domingo? Vamos esperar para ver, com muita esperança!

Abraço.

 
At 3:17 da tarde, Blogger Coluna D'Águias Gloriosas said...

foi exactamente isso que eu pensei Dezazucr quando estava a sair do parque de estacionamento do Colombo ontem à noite....

se tivesse sido 4-0 esta a nível de imprensa seria insuportável....

o jornal A Bola iria fazer capas de que o Benfica do ano passado estava de regresso...

enfim só haveria coisas para motivar o Porto e os seus jogadores...

há males que vêm por bem e os 3 golos do Lyon podem ter acontecido por alguma coisa....

que tenham sido pelo bem do Benfica....

grande post Dezazucr...

vou ter que te referenciar mais uma vez....

saudações gloriosas, 1 abraço

 
At 8:28 da tarde, Blogger VHugo said...

É mesmo isso e sem mais a acrescentar!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/cabeca-limpa.html

 
At 1:51 da manhã, Blogger JNF said...

Percebo a ideia, a equipa precisa de ter os pés na terra, mas dizer que foi bom ter sofrido aqueles 3 golos é uma barbaridade por vários motivos, apresento apenas os mais óbvios:

1 - perda no confronto directo para o Lyon. Se ganharmos na próxima jornada e o Lyon perder na Alemanha já estávamos à frente dos franceses. Assim nem em sonhos, esqueçam.

2 - Instabilidade de Roberto. Aquele frangalhão monumental não dá confiança a nenhum GR, A NENHUM. Eu que jogo desde os 10 anos nesse lugar sei bem do que falo, a seguir a um frango o mais provável é vir outro atrás. Roberto, em princípio, vai tremer no Dragão.

 
At 9:21 da manhã, Blogger dezazucr said...

JNF,

Eu normalmente tenho um raciocínio algo peculiar quando comparado com os restantes benfiquistas.
Claro que passarmos à próxima fase da Champions muito bom, se em primeiro, espectacular.
No entanto, não desconsidero nem um pouco se ficarmos para a Uefa, prova que me ficou atravessada na garganta o ano passado e, prova que por exemplo o Benfica, tem reais potencialidades de ganhar, caso estivesse na competição.
A Champions é bom para prestígio e dinheiro, mas se caíssemos para a Uefa teríamos fortes possibilidades de trazer uma Taça para casa - o que nunca é líquido claro.

Depois, percebo o Jesus e apoio a poupança, apesar de ter achado que forçou a barra ao fazê-las todas ao mesmo tempo e ao minuto 75, mas o jogo parecia ganho.
E para mim, mais importante que o jogo com o Lyon será sempre o jogo com o porto. Porque considero sempre o campeonato mais importante.

Acho que enquanto o Benfica não recuperar a hegemonia interna, ie, 2 campeonatos em cada 3, não deve pôr a carroça à frente dos bois e pôr-se com sonhos de champions.

Se o Benfica tiver forte internamente o resto vem por arrasto naturalmente. Basta ver como foi o ano passado.

Acho que não faz sentido exagerar-se nas análise aos últimos 15m do jogo com o Lyon. Apenas acho positivo para que a equipa aprenda a manter os pés assentes na terra, algo que faltou no início da época e algo que podería faltar se tivessemos ganho 4-0. O Jesus é algo convencido e acaba muitas vezes por passar isso para a equipa.

Mas por outra, já se viu o Jesus com os pés assentes no chão é terrível, principalmente quando tem de provar algo.

 
At 9:29 da manhã, Blogger dezazucr said...

Quanto ao Roberto, viste a fífia do Llris? E a de ontem do Casillas?
Se calhar não prestam.
Vês se os seus adeptos os atacam como é atacado o guarda-redes do Benfica e, aliás como o foram, todos os guarda-redes do Benfica? Até o Preud-homme foi atacado no início.

A instabilidade do Roberto vem muito também do público da Luz, que transmite insegurança. E são os mesmos que batem palmas a cada defesa fácil de caracacá que logo a seguir o assobiam.

Apenas comentei por seres tu a falar, porque caso contrário não dou importância ao que não merece. Somos sempre nós a construir a bola de neve.

 
At 9:44 da tarde, Blogger JNF said...

Eu também não acho "mau" que caiamos para a UEFA, disse-o no Eterno que qualquer um dos 3 primeiros lugares era provável e de difícil previsão. Aliás, prefiro cair nos 4ºs ou meias da Uefa que levar já 4 ou 5 do Real ou Barça.

Todos os guarda-redes falham e os que falham menos são os melhores. Acontece a todos, disso sabemos. Quanto aos GR's que referes até tenho uma opinião especial em relação a um deles: o Casillas é um produto da imprensa. Não é mau, é bom, mas nem é um dos 5 melhores do mundo. A quantidade de lances em que é mal batido é assustadora e os que faz defesas geniais contam-se pelos dedos de uma ou duas mãos. Mas já que falas do Roberto e da sua instabilidade ser devida aos adeptos da Luz, por que raio deu frangos em Sion e Guimarães, mesmo antes de jogar no nosso estádio? E na Choupana? Isso é um mito. Uma coisa é queimar jogadores, outra é serem os adeptos a ditar o curso dos jogos.

 

Enviar um comentário

<< Home