sábado, julho 01, 2006

Provavelmente...


... o maior especialista em pénaltis, pelo menos no que a guarda-redes diz respeito.

Já esperava que este jogo fosse dificílimo, pois se ninguém gosta de perder jogo nenhum, este então devería ser encarado pelos ingleses como o "lavar a cara" dos últimos embates.
Talvez por isso tanto medo. Medo do lado da Inglaterra, com receio de perder, e medo da parte de Portugal, pois sabiam a forma como a Inglaterra entraría em campo - também avisados pela forma como entrou a Holanda.

Despesas do jogo por parte da Inglaterra até à expulsão do Rooney. Depois, muito sangue frio dos portugueses, mas verdade seja dita, pouca qualidade de jogo. Há poucas jogadas de troca de bola, há muitas bolas perdidas (para mais, muitas à frente da área) e cada jogador que recebe a bola tem de correr 20 metros com ela antes de a passar a um colega ok, o cristiano corre 50 metros e a probabilidade de passar a bola reduz imenso.
Vale a forma como a equipa defende, como um bloco, como equipa. Realce para a excelente forma do Ricardo Carvalho e Ricardo na baliza.

Há algo no entanto que continua a caracterizar os jogadores portugueses: aquela tendência estúpida de cair ao mínimo sopro toque e depois virarem-se para o árbitro à espera que apite.

Do lado da Inglaterra, destaque para Gerrard confirma-se como o melhor jogador inglês que parecia ser o único a conseguir levar a bola para a frente com critério (ok, uma palavra também para Hargreaves, outro grande jogão), para além de ter impedido que o Miguel fosse mais perigoso (muito bom o apoio a Cole). Destaque também para a entrada de Lennon, que como em outros jogos, acelerou o ataque inglês.

Pena apenas pelo Erickson... parece-me sempre contra-natura torcer contra outro benfiquista.

Continuem as vitórias, venha o Brasil!

3 Comments:

At 3:42 da manhã, Blogger Ricardo Levy said...

Realmente ele foi brilhante
Parabéns para o goleiro Ricardo
Escrevo junto com outros 3 estudantes de jornalismo em um blog brasileiro e gostariamos muito de receber sua visita

http://www.diletra-nacopa.blogspot.com/

Obrigado

 
At 9:32 da manhã, Blogger Emanuel said...

Grande Ricardo. Finalmente Ricardo parece recuperar nívieis de concentração e talento q tanto evidenciou como jogador do Boavista. E n falo simplesmete no facto de ser um especialista nos penalties, mas também a nível das exibições seguras durante as partidas - excelentes intervenções. Espero q assim continue. Qto ao jogo em si esperava um pouco mais, mas hoje em dia as selecções estão mais viradas para o resultado. temos q aceitar:(.
Afinal, ao contrário do q mta gente pensava e como eu temia a França é o adversário q se segue. De qq forma esta será uma excelente oportunidade para se libertar do fantasma, França. Será q desta vez conseguiremos? Só sei q todos os jogadores terão de fazer os jogos das suas vidas, pq a Fr, afinal ta mto forte e motivada. Força PT!

 
At 9:48 da manhã, Blogger dezazucr said...

tenho medo da frança, preferia o Brasil. Era muito mais acessível a Portugal. A França é muito cínica e defende muito bem.

Da mesma forma como dizia que Portugal era superior à Inglaterra, considero a França superior a Portugal. Basta ver que não me lembro de Portugal ganhar à França.

No entanto, tudo pode acontecer. Portugal defende muito bem, é muito difícil marcar um golo à nossa selecção.

 

Enviar um comentário

<< Home